Saudações

A todos que viajam pela primeira vez nos tranqüilos e incomensuráveis rios da Literatura, Música e Cinema, sejam bem-vindos. Espero que gostem dos textos; alguns são textos acadêmicos, outros pura literatura, se assim considerarem o que escrevo como literatura. Pretensão à parte, desejo que sejam bem recebidos pela pena que uso nessa nova imersão em que me atiro.

domingo, 10 de junho de 2012

poesia

poesia
árcade
vazia
de uma subjetividade
perdida nos cadernos escolares.

tudo gira em torno da mesmice da lousa não preenchida,
é também trocados pela caneta azul;
o cinema propaga a glória do circo.

Nenhum comentário: